Quer Ter as Respostas de Suas Orações?​​​​​​​ Veja o Vídeo

Livro (pdf) Estudo Bíblico  Sobre Oração​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​

Clique no Botão Abaixo

Adquira o Seu E-book Agora​​​​​​​

R$ 37,00​​​​​​​


Devemos e Podemos Orar a Deus
em todo e qualquer lugar


Que se ore de todo o coração ao único e verdadeiro Deus, que manifesta em sua Palavra tudo aquilo que lhe devemos pedir, e apoiados em tais fundamentos, tenhamos a certeza, apesar de nossa indignidade, de que Ele ouve nossa oração por amor a Jesus Cristo, exatamente como nos tem prometido em sua Palavra.
​​​​​​​
Veja alguns versículos abaixo:

– …porque “todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo”  Rm 10:13

– Peça-a, porém, com fé, sem duvidar, pois aquele que duvida é semelhante à onda do mar, levada e agitada pelo vento.  Tg 1:6

– E eu farei o que vocês pedirem em meu nome, para que o Pai seja glorificado no Filho.  Jo 14:13

–  Naquele dia vocês não me perguntarão mais nada. Eu lhes asseguro que meu Pai lhes dará tudo o que pedirem em meu nome.  Jo 16:23

– Pois todo o que pede, recebe; o que busca, encontra; e àquele que bate, a porta será aberta.  Mt 7:8

– A teu respeito diz o meu coração: Busque a minha face! A tua face, Senhor, buscarei.  Sl 27:8
​​​​​​​

Exortação:  
Não deixe de orar. Continue firme. Que não cesse as suas orações, pois ainda que não pareça, Deus está ouvindo e no momento certo, Ele, responderá.


Ele está orando... At 9:11

As orações são instantaneamente observadas no céu. No momento em que Saulo começou a orar, o Senhor o ouviu. Isto traz descanso à alma atribulada que ora.

Freqüentemente, uma pessoa aflita e triste dobra os joelhos, mas pode expressar o seu lamento apenas na linguagem de suspiros e lágrimas. Contudo, esse gemido tem feito todas as harpas do céu vibrarem em músicas. Essas lágrimas são apanhadas por Deus e entesouradas no céu.

“Recolheste as minhas lágrimas no teu odre” (Salmos 56.8) implica que são apanhadas enquanto fluem. O suplicante cujos temores obstruem as palavras será entendido pelo Altíssimo.

O suplicante pode tão-somente erguer os olhos embaçados, mas oração é o cair de uma lágrima. As lágrimas são diamantes do céu, e os suspiros, parte da música da corte do Senhor. Elas são contadas juntamente com as mais sublimes melodias que chegam à Majestade, no céu.

Não pense que a sua oração, embora seja fraca ou inconstante, será desconsiderada. A escada de Jacó é alta, mas a nossa oração subirá as suas voltas cintilantes e repousará sobre o Anjo da aliança.

Nosso Deus não somente ouve a oração, mas tem prazer em ouvi-la. Ele “não se esquece do clamor dos aflitos” (Salmos 9.12).

​​​​​​​É verdade que Deus não atenta a olhos altivos e palavras imponentes; não leva em conta a pompa e o esplendor de reis. Deus não ouve o volume da música marcial. Ele não atenta ao triunfo e arrogância dos homens.

Mas, onde houver um coração repleto de tristeza, lábios tremendo com agonia, um profundo gemido ou suspiros de arrependimento, ali o coração de Jeová estará. Ele registra isso no livro de recordações.

​​​​​​​Ele coloca as nossas orações, como folhas de rosas, entre as páginas de seu livro de lembranças, e, quando o livro for aberto, no final, exalará uma preciosa fragrância.

​​​​​​​A fé não pede sinal dos céus, Para mostrar que a oração foi ouvida, Nosso Sacerdote está em seu lugar santo, E do trono da graça, ela é respondida. 


O louvor deve sempre acompanhar a oração respondida, assim como a névoa de gratidão terrena se levanta quando os raios de amor do sol celestial esquentam o solo. O Senhor tem sido gracioso para você, inclinando os ouvidos à voz do seu clamor?

Então, louve-O enquanto você viver. Não deixe de louvar Aquele que tem respondido à sua súplica e satisfeito o desejo do seu coração.

Ficar em silêncio a respeito das misericórdias de Deus significa incorrer no erro de ingratidão. Equivale a agir de modo tão desprezível como o fizeram os nove leprosos que, depois de curados da lepra, não retornaram para agradecer ao Senhor que lhes dera saúde completa.


O louvor, assim como a oração, é um dos mais nobres meios de promovermos o crescimento da vida espiritual. Ajuda-nos a remover os fardos, exercitar a esperança e aumentar a fé.

O louvor é um exercício saudável e fortificante que renova o pulso do crente e o prepara para novos empreendimentos no serviço de seu Senhor. Bendizer a Deus pelas misericórdias recebidas é também o meio de beneficiar nossos semelhantes; “Os humildes o ouvirão e se alegrarão” (Salmos 34.2).

Outros, que têm passado por circunstâncias semelhantes, receberão consolo, quando dissermos: “Engrandecei o SENHOR comigo, e todos, à uma, lhe exaltemos o nome… Clamou este aflito, e o SENHOR o ouviu e o livrou de todas as suas tribulações” (Salmos 34.3,6).

Corações desanimados serão fortalecidos, e os crentes abatidos serão vivificados quando ouvirem nossas canções de libertação (Salmos 32.7). Serão repreendidas as dúvidas e medos deles, conforme ensinamos e admoestamos uns aos outros “com salmos, e hinos, e cânticos espirituais” (Colossenses 3.16).

Eles também “cantarão os caminhos do SENHOR” (Salmos 138.5) quando nos ouvirem engrandecer o santo nome dele por ter ouvido e respondido ás nossas orações. Louvar é a mais santa das obrigações cristãs.

​​​​​​​Os anjos não oram, mas não cessam de louvar tanto de dia quanto de noite; e os remidos, usando vestiduras brancas, com folhas de palmeiras nas mãos, nunca se cansão de cantar a nova canção: “Digno é o Cordeiro” (Apocalipse 5.12).​​​​​​​

​​​​​​​

Louvar-te-ei, Senhor. (Sl 9.1)

Orai sem Cessar

Adquira Agora o Seu E-book

Clicando no Botão Abaixo

Apenas R$ 37,00​​​​​​​

INFORMAÇÕES DO LIVRO


Este Livro Está no Formato E-book ( PDF )


Contém 76 Páginas

( Podendo ser Impresso 14 x 21 cm)


Autor: Milton Santos


Você Terá Acesso Imediato Após Confirmar o Pgto

Saiba Como e

Porque Devemos Orar

E tudo o que pedirdes em oração, se crerdes, recebereis​​​​​​​

Receba Ainda Hoje​​​​​​​

Como e Porque Devemos Orar​​​​​​​

                       Levantemos nossas mãos e oremos ao nosso Deus e Pai.


Esta é a confiança que temos ao nos aproximarmos de Deus: se pedirmos alguma coisa de acordo com a vontade de Deus, ele nos ouvirá.
​​​​​​​
E se sabemos que ele nos ouve em tudo o que pedimos, sabemos que temos o que dele pedimos. 1 Jo 5:14-15

“Ó Senhor, ouve a minha oração, inclina os ouvidos às minhas súplicas; escuta-me segundo a tua verdade, e segundo a tua justiça”. Sl 143:1

​​​​​​​“Sabei, pois, que o Senhor separou para si aquele que é piedoso; o Senhor ouvirá quando eu clamar a ele” Sl 43:3



Você crê que Deus ouve e responde as nossas orações, quer ter uma vida abençoada por Ele?  Então, adquira ainda hoje este livro que irá transformar a sua vida!

Peça Já o seu!

Bem Vindo!

Receba Ainda Hoje o Livro Como e Porque Devemos Orar!

Deus Ouve e Responde as nossas Orações! Assista os Vídeos